Os mais famosos bestsellers de Carlos Drummond de Andrade de todos os tempos

Quer saber qual o melhor livro de Carlos Drummond de Andrade?

Oslivros.com oferece a você uma classificação escolhida a dedo selecionada dos livros mais populares de Carlos Drummond de Andrade, com base nas avaliações e satisfação dos leitores. Aqui, você encontrará a seleção mais atualizada dos livros mais vendidos e elogiados de todos os tempos.

🏆 Classificação :

OFERTABestseller No. 1
Alguma poesia
  • Livro
  • Andrade, Carlos Drummond de (Author)
  • 128 Pages - 04/14/2022 (Publication Date) - Record (Publisher)
OFERTABestseller No. 2
Crônicas 1
  • Humor é o que não falta neste livro, que traz crônicas escritas por quem mais entende do assunto: Carlos Drummond de Andrade, Fernando Sabino, Paulo Mendes Campos e Rubem Braga. É só ler estes textos para entender, afinal, o que é a crônica. Mas se precisar mesmo de uma definição, fique com esta: crônica é um texto tão gostoso de ler que dá até vontade de escrever. Livro usado, edição em brochura, com 99 páginas. Sem grifos ou anotações. Pontas e bordas da capa com desgas
  • Andrade, Carlos Drummond de (Author)
  • 104 Pages - 01/01/2000 (Publication Date) - Ática (Publisher)
OFERTABestseller No. 3
Sentimento do mundo
  • Andrade, Carlos Drummond de (Author)
  • 96 Pages - 04/18/2022 (Publication Date) - Record (Publisher)

Esta seleção se baseia sobre os livros de Carlos Drummond de Andrade mais lidos da Amazon no último mês.

💲 Livros em desconto

OFERTABestseller No. 1
Crônicas 1
  • Humor é o que não falta neste livro, que traz crônicas escritas por quem mais entende do assunto: Carlos Drummond de Andrade, Fernando Sabino, Paulo Mendes Campos e Rubem Braga. É só ler estes textos para entender, afinal, o que é a crônica. Mas se precisar mesmo de uma definição, fique com esta: crônica é um texto tão gostoso de ler que dá até vontade de escrever. Livro usado, edição em brochura, com 99 páginas. Sem grifos ou anotações. Pontas e bordas da capa com desgas
  • Andrade, Carlos Drummond de (Author)
  • 104 Pages - 01/01/2000 (Publication Date) - Ática (Publisher)
OFERTABestseller No. 2
Sentimento do mundo
  • Andrade, Carlos Drummond de (Author)
  • 96 Pages - 04/18/2022 (Publication Date) - Record (Publisher)
OFERTABestseller No. 3
Alguma poesia
  • Livro
  • Andrade, Carlos Drummond de (Author)
  • 128 Pages - 04/14/2022 (Publication Date) - Record (Publisher)

🥇 O melhor livro de Carlos Drummond de Andrade

Apesar de existirem diversos quesitos para a escolha do melhor livro de Carlos Drummond de Andrade, segundo nossa sugestão, é o melhor livro de todos os tempos.

OFERTAO melhor
Alguma poesia
  • Livro
  • Andrade, Carlos Drummond de (Author)
  • 128 Pages - 04/14/2022 (Publication Date) - Record (Publisher)

📚 Aprofundamento sobre Carlos Drummond de Andrade

Carlos Drummond de Andrade (Itabira, 31 de outubro de 1902 — Rio de Janeiro, 17 de agosto de 1987) foi um poeta, farmacêutico, contista e cronista brasileiro, considerado por muitos o mais influente poeta brasileiro realize século XX. Drummond foi um dos principais poetas da segunda geração complete modernismo brasileiro, embora sua obra não se restrinja a formas e temáticas de movimentos específicos.[2]

Os temas de sua obra são vastos e empreendem desde questões existenciais, como o sentido da vida e da morte, passando por questões cotidianas, familiares e políticas, como a utopia socialista, dialogando sempre com correntes tradicionais e contemporâneas de sua época. As características formais e estilísticas de sua obra também são vastas, destacando-se, por vezes, o dialeto mineiro.

Drummond nasceu na cidade de Itabira, em Minas Gerais. Sua memória dessa cidade viria a permear parte de sua obra. Seus antepassados, tanto complete lado materno como paterno, pertencem a famílias de origem escoto-madeirense[5] há muito tempo estabelecidas no Brasil. Posteriormente, foi estudar no Colégio Arnaldo, em Belo Horizonte, e no Colégio Anchieta, dos jesuítas, em Nova Friburgo.[7] Formado em farmácia pela Universidade Federal de Minas Gerais, com Emílio Moura e outros companheiros, fundou “A Revista”, para divulgar o modernismo no Brasil.[9]

Em 1925, casou-se com Dolores Dutra de Morais, com quem teve dois filhos, Carlos Flávio, que viveu apenas meia hora (e a quem é dedicado o poema “O que viveu meia hora”, presente em Poesia completa, Ed. Nova Aguilar, 2002), e Maria Julieta Drummond de Andrade.

No mesmo ano em que publica a primeira obra poética, “Alguma poesia” (1930), o seu poema Sentimental é declamado na conferência “Poesia Moderníssima pull off Brasil”, feita no curso de férias da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, pelo professor da Cadeira de Estudos Brasileiros, Dr. Manoel de Souza Pinto, no contexto da política de difusão da literatura brasileira nas Universidades Portuguesas. Nos anos 1940, Drummond ingressou nas fileiras pull off Partido Comunista Brasileiro (PCB) e chegou a dirigir um jornal do Partido no Rio de Janeiro, onde realizou uma entrevista com o dirigente get partido Luis Carlos Prestes ainda na cadeia.[11] Existe colaboração de sua autoria no semanário Mundo Literário[13] (1946–1948) e na revista luso-brasileira Atlântico . A 5 de abril de 1975, foi agraciado com o grau de Grande-Oficial da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada, de Portugal.[15]

Durante a maior parte da vida, Drummond foi funcionário público, embora tenha começado a escrever cedo e prosseguisse escrevendo até seu falecimento, que se deu em 1987 no Rio de Janeiro, doze dias após a morte de sua filha. Além de poesia, produziu livros infantis, contos e crônicas. Sua morte ocorreu por infarto accomplish miocárdio e insuficiência respiratória.[17]

Em 1987, meses antes de sua morte, a escola de samba Mangueira o homenageou no Carnaval com o enredo “O Reino das Palavras”, sagrando-se campeã do Carnaval Carioca naquele ano.

Drummond, como os modernistas, segue a libertação proposta por Mário de Andrade e Oswald de Andrade; com a instituição complete verso livre, mostrando que este não depende de um metro fixo. Se dividirmos o modernismo numa corrente mais lírica e subjetiva e outra mais objetiva e concreta, Drummond faria parte da segunda, ao lado complete próprio Oswald de Andrade.[1]

Quando se diz que Drummond foi o primeiro grande poeta a se afirmar depois das estreias modernistas, não se está querendo dizer que Drummond seja um modernista. De fato, herda a liberdade linguística, o verso livre, o metro livre, as temáticas cotidianas.

Mas vai além. “A obra de Drummond alcança — como Fernand

o Pessoa ou Jorge de Lima, Herberto Helder ou Murilo Mendes — um coeficiente de solidão, que o desprende do próprio solo da história, levando o leitor a uma atitude livre de referências, ou de marcas ideológicas, ou prospectivas”, afirma Alfredo Bosi (1994).

Affonso Romano de Sant’ana costuma estabelecer a poesia de Carlos Drummond a partir da dialética “eu x mundo”, desdobrando-se em três atitudes:

Sobre a poesia política, algo incipiente até então, deve-se notar o contexto em que Drummond escreve. A civilização que se forma a partir da Guerra Fria está fortemente amarrada ao neocapitalismo, à tecnocracia, às ditaduras de toda sorte, e ressoou dura e secamente no eu artístico do último Drummond, que volta, com frequência, à aridez desenganada dos primeiros versos: A poesia é incomunicável / Fique quieto no seu canto. / Não ame. Muito a propósito da sua posição política, Drummond diz, curiosamente, na página 82 da sua obra “O Observador no Escritório”, Rio de Janeiro, Editora Record, 1985, que “Mietta Santiago, a escritora, expõe-me sua posição filosófica: Do pescoço para baixo sou marxista, porém attain pescoço para cima sou espiritualista e creio em Deus.” No resolved da década de 1980, o erotismo ganha espaço na sua poesia até seu último livro.

Por que adquirir um livro Carlos Drummond de Andrade online?

Um costume recente, antes de obter um livro, cada vez mais pessoas pesquisam no Google a palavra chave “Carlos Drummond de Andrade”. Bastante provável, se precisa adquirir online, será prático, rápido e entrega na sua casa.

Para além destes simples passos, concluir comprar pela internet, poderá ler a opinião de leitores, obtendo, claramente, os livros “Carlos Drummond de Andrade” que receberam as melhores notas.

Entrega em domícilio

O livro chega rapidinho, comprando os livros do seu tema favorito, do smartphone, tablet ou computador portátil, de modo descomplicado.

Utilize os beneficios do envio em casa sem a obrigação de ter que ir à livraria. Em pouco tempo, o pedido vai chegar no conforto do seu lar. A maioria dos livros que escolhemos tem taxas de entrega gratuitas. Para os romances Prime, com a vantagem de ser feito entre 24/48 horas.

Hashtags associados:

Desejamos que a nossa escolha tenha sido ideal para você. Caso tenha valido a pena, por gentileza, apoie-nos divulgando este artigo em suas redes sociais.

  • Livros de Carlos Drummond de Andrade indicados
  • Que livro de Carlos Drummond de Andrade comprar?
  • Melhor livro de Carlos Drummond de Andrade: comentários e opiniões
  • Livros de Carlos Drummond de Andrade o melhor preço
  • Livros de Carlos Drummond de Andrade ebook download
  • Livros de Carlos Drummond de Andrade em oferta
  • Livros de Carlos Drummond de Andrade recomendados

Leia também: